Blog da Minas France

Comprar carro novo: 4 erros comuns que devem ser evitados!

Ter um carro zero-quilômetro na garagem é o sonho de muitos brasileiros e pode ser que seja o seu também. Se você está pensando em comprar um carro novo, então já sabe que é muito importante pesquisar bastante para encontrar a melhor condição, não é mesmo? Ainda assim, muitas pessoas acabam cometendo alguns erros comuns e ficando no prejuízo.

Se você não quer cair nessa cilada, veja quais são os 4 erros mais comuns na hora de comprar carro novo e não caia neles!

Não testar o carro antes de fechar o negócio

O test drive existe para qualquer motorista que queira fechar um negócio e é uma oportunidade que não deve ser desperdiçada. Afinal de contas, é nesse momento que você conhece o carro, a dirigibilidade, todos os detalhes do veículo e, por fim, entende se ele te agrada ou não. Como você deve imaginar, esse é um ponto muito peculiar e varia muito de pessoa para pessoa. Então, nada de se encantar ou fechar negócio antes de fazer o test drive.

Não ter certeza do tipo de carro que necessita

Outro ponto importante é entender que tipo de carro é mais funcional para você e para a sua rotina — ponto que muitas pessoas que decidem comprar um carro zero não sabem. Para ter sucesso nessa compra tão importante é bom desconsiderar o veículo que você achou mais bonito e considerar qual seria mais útil para você.

Por exemplo, se você tem três filhos pequenos e vai precisar colocar cadeirinha no carro, é importante que invista em um veículo um pouco maior, pois isso pode trazer mais conforto para a sua família. Assim como se você é solteiro e vive na cidade, não tem tanta necessidade de investir em um carro grande e com carroceria (a não ser que esse seja seu sonho).

Portanto, antes de fechar o negócio, entenda com clareza qual é o tipo de carro vai resolver o seu problema.

Não considerar o valor total do financiamento ao comprar carro novo

É muito comum ver pessoas que chegam a uma concessionária, escolhem o veículo que querem e percebem que as condições de financiamento cabem no bolso. Tudo pronto para fechar negócio, certo? Errado!

Antes de fechar, analise se as condições de financiamento cabem no seu orçamento e quanto pagará pelo carro quando tudo mais passar. Esse é o Custo Efetivo Total do seu veículo e deve ser considerado.

Não calcular os outros custos do veículo

Os custos de financiamento são altos, mas são apenas um dos gastos que você terá com o carro. Você ainda vai precisar resolver pontos importantes, como o IPVA, seguro, revisões periódicas, manutenção, mecânico e, por fim, o combustível, claro. Faça as contas considerando todos esses pontos e verificando se ele realmente cabe no seu orçamento, pois as despesas são muito maiores que a maioria das pessoas consideram.

Como você pode perceber, os erros são muito comuns e é bom ficar de olho para não sofrer com a dor de cabeça depois. Fazer um investimento de comprar carro novo pode ser muito bom, mas isso deve ser feito com precaução e cuidado.

Para continuar por dentro das notícias do mundo automotivo e acompanhar nossas dicas, não deixe de nos seguir no Facebook! Esperamos por você!