Blog da Minas France

Mulheres no volante: 4 dicas para comprar seu carro novo

Uma nova realidade está surpreendendo o setor de automobilismo. Segundo uma pesquisa divulgada pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), em 2014, as mulheres representaram 45% das vendas de veículos no Brasil.
Devido a esse fator, acreditamos que seja essencial apontar algumas informações para que possam comprar os carros com os melhores preços do mercado. A boa notícia é que os preços baixos e financiamentos em longo prazo ajudam a finalizar o negócio com mais facilidade.

Confira nosso post e saiba algumas dicas para você não se arrepender da sua compra. Boa leitura!

Analise como arcará com compra

Inicialmente, recomendamos que você analise como pode efetuar a compra do seu automóvel. Hoje em dia, existem várias opções, como à vista, financiamento/leasing e consórcio.

Para conseguir ótimos descontos e menos gastos com juros, dê preferência no pagamento à vista ou ofereça uma boa entrada.

Pense na opção de adquirir um usado

Ao contrário do que a maioria das pessoas imagina, o carro usado é uma ótima opção para realizar uma compra, especialmente se você tem confiança em relação ao estado mecânico do veículo.

Para isso, recomendamos que você entre em contato com um serviço de vistoria de qualidade, pois profissionais especializados irão avaliar se os itens mais importantes para o funcionamento do veículo estão em perfeitas condições. Esta etapa é muito importante, afinal, se não houver uma vistoria completa, você poderá gastar muito dinheiro com a manutenção de algumas peças do automóvel.

Confira as regras do financiamento

O financiamento nada mais é que um empréstimo feito com um banco com um objetivo determinado como, por exemplo, comprar um veículo. Ele não tem uma taxa única, por isso o ideal é pesquisar quais são os bancos que oferecem as melhores condições para fazer a aquisição de um carro. Para se ter uma ideia, elas podem variar de próximas a zero a mais de 10% do preço do automóvel.

Entretanto, existe inclusive, uma lei que autoriza alterar o banco durante o financiamento. Isso ajuda a aproveitar as taxas mais baixas —  só é preciso ficar atento com alguns encargos que possam ser cobrados.

A dica é sempre negociar antes de finalizar qualquer negócio.

Fique de olho nas taxas

Muita gente não sabe, mas as lojas não tem permissão para cobrar Tarifa de Abertura de Crédito (TAC), Tarifa de Emissão de Carnês (TEC), TEB (Tarifa de Emissão de Boleto), TLA (Tarifa de Liquidação Antecipada), taxa de retorno, tarifa de análise de crédito e tarifas de cessão.

Para você não cair em armadilhas, solicite o CET (Custo Efetivo Total). Nesse documento, está detalhado tudo o que você terá que pagar em relação ao seu automóvel.

Mesmo com todas essas dicas, recomendamos que você procure profissionais de sua confiança como, por exemplo, mecânicos, funileiros e lanterneiros. Eles são muito importantes, porque têm conhecimentos que irão lhe ajudar a comprar um veículo com ótimo desempenho e preço.

Após ler o post, restou alguma dúvida sobre o assunto? Aproveite a oportunidade e compartilhe nos comentários abaixo para não errar na escolha do seu veículo! Não se esqueça de continuar acessando o nosso blog para conferir as principais notícias do mercado automobilístico!